FRASE:

FRASE:

"Se deres um peixe a um homem, vais alimenta-lo por um dia; se o ensinares a pescar, vais alimenta-lo a vida toda."

(Lao-Tsé, filósofo chinês do séc. IV a.c.)

quinta-feira, 14 de março de 2013

HABEMUS GRAMA!

A grande notícia internacional da semana deve ser a eleição do novo papa. O cardeal argentino Mario Jorge Bergoglio tornou-se o Papa Francisco, primeiro de sua linhagem, primeiro da ordem jesuíta e primeiro não-europeu.

Mario Jorge Bergoglio, o Papa Francisco: este jogo os hermanos venceram com olé...

Meio embaraçoso para alguns gaúchos da fronteira, para quem o único argentino na bíblia teria sido Judas Iscariotes, como consta na anedota sobre um padre que tinha implicância com nossos irmãos portenhos.
Que aliás, apesar de grandes rivais no futebol, adoram nossas praias e caipirinhas e são donos de metade de Búzios.
Mas, aqui, no Rio, o acontecimento local que mais gerou comentários foi a volta da grama ao estádio do Maracanã. Depois de virar um piscinão em decorrência dos dilúvios que caíram sobre a capital fluminense no início do mês, o estádio teve de volta seu tapete verde.
A grama trazida dos EUA, cultivada e preparada com muito carinho, foi plantada no seu local definitivo, formando o gramado do estádio mais importante do país.

 Grama importada dos EUA: o tapete do templo.
(Foto: Érica Ramalho)
E, como o estádio Mário Filho, popularmente conhecido como Maracanã, já foi apelidado "o templo do futebol", os cariocas amantes do esporte bretão bem que poderiam proclamar:
- Habemus grama!
Verdade que teria sido mais barato implodir o estádio  antigo antes de construir um novo, ao invés de tentar preservar a estrutura antiga para depois perceber que ela não suportaria a nova cobertura e construir uma nova, demolindo a antiga aos poucos, como foi feito, a um custo bem maior do que o previsto inicialmente... 
Não vou me prolongar comentando que na semana passada, crianças de uma escola da baixada fluminense fizeram uma manifestação pedindo apenas que consertem o prédio de sua escola, com o telhado danificado, para que possam voltar às aulas.
Ou que as condições de atendimento nos postos de saúde poderiam ser melhores do que o caos que vemos diariamente...
Questões de educação e saúde pública não recebem a mesma prioridade que eventos esportivos como olimpíadas e copa do mundo, mas ninguém parece se importar com isto!
Apesar de gostar de futebol como qualquer brasileiro comum, ainda acho difícil entender a vibração com a grama e a indiferença pelo telhado da escola... 
As questões de fé não foram feitas para serem entendidas, mas apenas aceitas... 
 

14 comentários:

  1. HABEMUS OR NOT HABEMUS ?

    LeÔnidas meu amigo... Tá mais fácil ser um félas milionário sem caráter neste país do que um trabaiadô honesto preocupado com os deveres cívicos.
    A regra é clara!! ( Pão e Circo ) pro povo e phô**-se o resto.

    Não só HABEMOS, como é o que vai sobrar pra comer ( GRAMA ) .. e importada ainda... kkkkk
    RELINCHEMOS então....

    Abração e DeussssssssssssssssssKiajude

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste caso, mais circo do que pão!
      Abraços, Tatto!

      Excluir
  2. Sim meu amigo...essa questão de fato não cabe! Ou aceita-se ou aceita-se.
    Beijuuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos temos estas opções!
      Hehehehehe!
      Bj, Rê!

      Excluir
  3. Muito triste isso.

    Abraços, saúde e paz.

    Um excelente final de semana, almirante Leonel.

    ResponderExcluir
  4. A princípio, eu gostei do Francisco. Espero que ele mantenha, no mínimo, a humildade dos tempos de padre. Bora ver no que dá.

    Quando à grama, a sensação que eu tenho é a de que os poderes não sabe quem é o povo, o que ele quer, do que precisa. E o povo, pelo visto, se contenta com isso e segue, doente e desprovido de educação.

    Abraços, querido Leonel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Francisco (gostaria de poder chama-lo de Chico), a princípio demonstrou que não preza muito a ostentação e gosta de mais simplicidade, o que parece positivo...
      No caso da grama, o pior que eu acho é que o governo acertou: é isso mesmo o que o povo quer...Fora nós e mais meia-dúzia!
      Bjs, Milene!

      Excluir
  5. Oi Leonel
    Muito bom seu texto! É engraçado, mas reflexivo, vou ficando pelo seu blog, já estou te seguindo.
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pela visita, Luciana!
    Irei retribuir!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Ola caro amigo, que coisa muito boa receber tua visitinha ,sabendo assim que já estas curtindo teu "home sweet home"novamente.Tenhas um esplendido domingo e receba meu maior abraço..SU.

    ResponderExcluir
  8. OI LEONEL!
    COISAS DE NOSSO BRASIL, OU MELHOR, DE BRASILEIROS, NÃO DIGO "DOS", PORQUE MUITOS DE NÓS VEEM ESTAS COISAS E SE INDIGNAM.
    PENSANDO, SOBRE A COPA, TAMBÉM ACHO QUE TODO ESTE DINHEIRO QUE SERÁ GASTO PODERIA "ENDIREITAR", DEFINITIVAMENTE A SAÚDE E O ENSINO,MAS, COMO SEI QUE ESTA VERBA NUNCA APARECERIA PARA SOLUÇÃO DESTES DOIS PROBLEMAS, VOU REZAR, PARA VER SE SOBRA ALGUM BENEFÍCIO QUE VALHA Á PENA, OU QUE POSSA AJUDAR AS PESSOAS DE ALGUMA FORMA.
    BOM TER RECEBIDO TUA VISITA E TERES VINDO JUSTAMENTE QUANDO ESTOU HOMENAGEANDO NOSSA "PORTO ALEGRE".
    UMA FELIZ PÁSCOA PARA TI E TUA FAMÍLIA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir