FRASE:

FRASE:

"Se deres um peixe a um homem, vais alimenta-lo por um dia; se o ensinares a pescar, vais alimenta-lo a vida toda."

(Lao-Tsé, filósofo chinês do séc. IV a.c.)

domingo, 7 de abril de 2013

O BÓSON DE NOVO...


Alô, minha gente, volto cheio de saudade, reunindo as forças que começam a retornar, qual Superman afastado da kryptonita.
Nesta manhã de domingo, leio nas páginas de uma revista a interessante entrevista com a cientista italiana Fabiola Gianotti, líder da equipe que, através de experimentos no LHC (Large Hadron Collider - Grande Colisor de Hádrons ou "Trapizonga" como prefere meu amigo Jair), se acredita ter descoberto o tão procurado Bóson de Higgs, em julho de 2012.

Fabiola Gianotti, no túnel do LHC: para ela, o Nobel deveria ser compartilhado por todos os que participaram da pesquisa.


Como costuma acontecer no campo da ciência, novas descobertas geralmente trazem muito mais perguntas do que respostas.
Quanto mais avançou a ciência no século XX, mais questões surgiram, e as soluções às vezes custam muito a aparecer. Muita coisa que “não batia” com as equações da física colocava os cientistas num dilema: ou existem alguns fatores ainda não detectados atuando sobre o universo, ou as equações estão simplesmente erradas!
E, nesta última hipótese, teríamos que jogar no lixo todas as teorias formuladas até aqui, pois todas estariam baseadas em equações sem fundamento ou incompletas!
Recentemente, se chegou a surpreendente conclusão de que o somatório das massas dos corpos celestes observáveis e mesmo presumíveis no universo não explicaria certos eventos ligados à sua formação e comportamento.
Entretanto, para alívio da ciência, novas técnicas de observação detectaram uma nova entidade, a tal “matéria escura”, que constituiria nada menos de 95% da massa universal, e assim justificaria certos efeitos já observados.
Mas, outras incompatibilidades entre diversos campos da ciência careciam de um fator de relacionamento, cuja influência podia ser observada mas dificilmente medida. Daí veio a ideia de que deveria existir uma partícula subatômica ainda desconhecida que explicasse determinadas interações e efeitos.
E a essa esperada partícula foi dado o nome de Bóson de Higgs, em homenagem ao cientista Peter Higgs, que propôs a sua existência. Partículas subatômicas podem ser difíceis de ser detectadas, daí a necessidade de engenhocas incrivelmente gigantescas e caras como o LHC (Trapizonga), um acelerador de partículas que se extende por uma circunferência de 27 km.
O LHC: um tunel circular de 27 km, na fronteira franco-suiça.


As partículas são aceleradas a velocidades incríveis através do túnel do LHC, até colidirem com um obstáculo colocado no seu caminho. Esta colisão gera determinados efeitos, como o surgimento de novas partículas, algumas das quais duram apenas frações de segundo, mas são registradas por equipamentos ultra-sensíveis acoplados ao LHC.
Perguntada sobre uma provável indicação para o premio Nobel da Física, por ter chefiado a equipe de mais de 3.000 cientistas empenhados nos experimentos dirigidos para a busca do bóson, Fabiola Gianotti disse ser mais importante enfatizar a união de cientistas de 38 países, inclusive parcerias improváveis, como Israel e Palestina, em torno de um único objetivo. Para ela, seria mais adequado que mudassem as regras do premio Nobel e que os agraciados fossem todos os cientistas que se envolveram nesta causa comum, começando por Peter Higgs.
 Apenas mais um degrau na imensa escadaria...

Segundo a cientista italiana, esta porta que se abre já projeta outras novas questões, como uma teoria já batizada de “supersimetria”, que estabeleceria que a partícula descoberta não foi “o” Bóson de Higgs, mas “um” dos Bósons de Higgs, e pressupõe que haveriam pelo menos cinco diferentes tipos de bósons! Lá vamos nós outra vez!
Como se vê, quanto mais descobrimos compartimentos secretos deixados pelos cantos do universo, mais possibilidades e dúvidas encontramos para pesquisar e esclarecer.
Enfim, acabamos de galgar mais um degrau nessa imensa escadaria que se estende para o infinito.

18 comentários:

  1. Olá Almirante Leonel, como dizem: para viver em equilíbrio precisamos de respostas.
    Grande abraço, bom retorno e obrigado pela passagem lá no blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa vida é uma busca constante...
      Abraços, Milton!

      Excluir
  2. OI LEONEL!
    QUANDO PENSAMOS, EM NOSSA VÃ SABEDORIA, NOS DAMOS CONTA QUE NADA SABEMOS...
    UMA BUSCA ETERNA POIS O UNIVERSO TEM TANTAS PORTAS AINDA A SEREM ABERTAS, QUE MUITAS VIDAS SERÃO NECESSÁRIAS PARA SE CONSEGUIR E QUANDO ISTO ACONTECER, NOS DAREMOS CONTA DAS TANTAS JANELAS QUE EXISTEM, PARA SEREM PESQUISADAS.
    MUITO LEGAL TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, cada vez que abrimos novas portas, nos deparamos com novas salas cheias de novas dúvidas!
      Abraços, Zilani!

      Excluir
  3. "O valor de uma hipótese científica não está nas respostas que traz, mas nas perguntas que suscita."
    É... e cada resposta já nasce grávida de muitas perguntas.
    Alegria em vê-lo bem disposto, amigão. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprendi isto também com você...
      Abração, amigo velho!

      Excluir
  4. E isso tem um fim? Nunquinha, né? Eu acho bom.Que graça haveria em se encontrar todas as respostas?

    Eu o abraço, querido Leonel. Ler suas palavras é sempre muito bom, sinal que as coias por aí andam querendo bondade.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acertou, como sempre!
      A graça da vida está na busca eterna por respostas...
      E a cada reposta, recebemos como brinde mais perguntas, nesta "raspadinha" dos mistérios do universo!
      Bjs, Milene!

      Excluir
  5. Degraus e mais degraus. Alguns tantos já foram galgados né mesmo? Mas na medida que os cientistas descobrem uma resposta outras perguntas se abrem...ad infinitum como vc disse. Bom demais revê-lo aqui com suas postagens!
    Beijuuss, soldado brabo e guerreiro, n.a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz eu fico com sua visita!
      Bjs, Rê!

      Excluir
  6. Puxa... quanta informação relevante.
    Amo vir aqui porque aprendo sempre
    e muito.
    Bjins
    entre sonhos e delírios
    Catiaho Alcantara/Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Catiaho!
      Também passei na tua página e deixei um recado!
      Bjs!

      Excluir
  7. Ola grande amigo,sempre me surpreendes com tuas pesquisas e sabedorias sobre assuntos que eu sequer haveria de pensar.Aqui no teu"canto quente",eu faço jus ao célebre ditado:Vivendo e Aprendendo.O bom mesmo é saber que as forças estão voltando e que Superman se apronta para entrar em ação novamente.Uma boa noite e meu muito carinhoso abraço.SU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobrevivo graças ao calor e a amizade de pessoas queridas como você!
      Abraços, Suze!

      Excluir
  8. Bom dia querido.
    Muito bom vir aqui e aprender.
    Bjins
    Catiaho Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato por mais essa visita, Catiaho!
      Abraços!

      Excluir
  9. BELO ALVORECER MEU AMIGO QUERIDO !
    VIM CHEIA DE SAUDADES TRAZER MEU ALÔ PRA VC .TRAZER MEUS DESEJOS DE SAÚDE...
    UM TEXTO BEM CARACTERÍSTICO TEU QUE SE DIZ MUITO DE CONHECIMENTO...BJS DE BOA NOITE !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre um prazer te receber, Severa!
      Bjs!

      Excluir