FRASE:

FRASE:

"Se deres um peixe a um homem, vais alimenta-lo por um dia; se o ensinares a pescar, vais alimenta-lo a vida toda."

(Lao-Tsé, filósofo chinês do séc. IV a.c.)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

PIZZA OU MARTELO?


Está feito!
Os réus do mensalão foram julgados pelo STF, e dos 38 acusados, 25 foram condenados (alguns por mais de um crime), e agora cabe aos juízes atribuir as penas.
Este julgamento vai mesmo mudar o Brasil?
Será que depois disto, os políticos e os governantes vão pensar melhor antes de se aventurar em falcatruas semelhantes?
Para mim, tudo vai depender do que vai acontecer com os condenados a partir de agora...
A nossa suprema corte estabeleceu, com base em provas irrefutáveis, que o mensalão não foi “uma obra de ficção inventada pela oposição” (como afirmava o ex-presidente), mas um esquema que envolveu uma série de delitos cometidos em cadeia, usando indevidamente dinheiro público para subornar a oposição, tornando-a favorável aos projetos do governo.

As ratazanas levaram um susto...Muitos nunca pensaram ser sequer julgados...

E o objetivo era o mais antidemocrático possível: a manutenção continuada do poder por uma mesma facção política. Em outras palavras, “uma ditadura branca” com o aval dos eleitores, prática que está se tornando comum na América Latina.
Felizmente, no Brasil houve a reação e as denúncias veiculadas pela imprensa acharam eco em autoridades responsáveis que não se omitiram.
Podem dizer que a iniciativa de investigar foi movida por motivos político-partidários (apesar de envolver réus de diversos partidos), mas as conclusões finais mostraram que havia fundamento, fossem quais fossem as motivações iniciais!
Mas, agora, serão estabelecidas as penas, de forma individual.
Dentro dos critérios da benevolente justiça brasileira, os que forem sentenciados a menos de 4 anos cumprirão penas alternativas em liberdade...
Se a pena for maior que 4 anos e menor do que 8, o detento terá apenas que dormir no xadrez, ficando livre durante o dia...
Somente recebendo pena superior a 8 anos será trancafiado na cadeia...
E existem diversos critérios para o estabelecimento de penas. Ao que parece, a tendência será adotar os menos rígidos.
Mesmo assim, a soma das penas de alguns dos réus deverá sem dúvida ultrapassar os 8 anos.
Porém (sempre tem um porém), os condenados ainda terão direito a recorrer contra as sentenças, e o STF terá que julgar estes recursos, antes de poder mandar encarcerar os réus!
Apesar de condenados, coloca-los de fato no xadrez é difícil...

Assim, ainda vai levar algum tempo até vermos alguns destes ratos segurando as barras de ferro de uma cela...
Só a partir deste possível evento é que poderemos dizer, sem medo de errar, que a coisa não acabou em pizza!
Em conjunto com a Lei da Ficha Limpa, o efeito deste julgamento pode ser melhor do que as expectativas...
Mas, como estamos num surreal patropi, é melhor aguardar o final da novela, para saber se, desta vez, o pizzaiolo vai ficar a ver navios...

22 comentários:

  1. É melhor aguardar mesmo ...Concordo com tudo o que escreveste. Essas "pessoas" são a "vergonha nacional; que prazer é esse de pegar o dinheiro público(? e dividir entre eles? E nós? A coisa não acabou em pitza porque houve pressão das "redes sociais e da imprensa; pagar aquilo $$$) que pegaram o "que recebiam indevidamente...(?) NUNCA...Eu duvido. Se fosse um trabalhador "um homem comum? E aí "o que aconteceria?
    São ratos sim; nojentos!

    # BEIJINHO/ BOA TARDE AMIGO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, foi graças à divulgação feita pela imprensa que se chegou ao julgamento!
      Obrigado pela visita, Mery!

      Excluir
  2. Sim, amigo... aguardemos. Ainda há esperança...
    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A esperança é a última que morre...
      Abraços, amigo!

      Excluir
  3. Limeriques

    Brasil, país de samba, arroz e feijão
    Supremo à impunidade disse não
    Num sério julgamento
    Abusou do argumento
    Políticos bandidos vão para prisão.

    Era uma vez no país da fantasia
    Corrupção grassava e justiça dormia
    Veio o juiz Joaquim
    Justo como um serafim
    E acabou com essa anomalia.

    Era um país de bagunça eterna
    Corrupção muito além da caserna
    Um juiz de mão forte
    Para nossa boa sorte
    Colocou término nessa baderna.

    Em bandidos não se bate com rosa
    Também não se acaricia com prosa
    Juiz que tem sangue na veia
    Manda marginal prá cadeia
    Provou-nos o bravo Joaquim Barbosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Limerique de pé quebrado:

      O Supremo cansou de tanta benesse
      Os malandros agora estão sob estresse
      Estou na torcida por esta virada
      Que acabe com toda essa marmelada
      E que a rataria tenha o que merece.

      Abraços, Jair!

      Excluir
  4. Aguardamos punições e julgamentos de todos os corruptos eu sou uma pessoa que tem crença que podemos mudar este país, acredito nas pessoas e isso muita vezes causa grandes decepção! Mas é preciso acreditar sempre e lutar por mudanças!
    Um abração Leonel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Velosão!
      Façamos a corrente do bem!
      Abração!

      Excluir
  5. É como se a corrupção fosse condição inerente ao estado brasileiro. Isso é inadmissível, a passividade do povo em tudo achar normal, em tudo achar que "poderia estar pior".

    Eu perdi há tempos uma ideologia inventada. Não me arrependo de tê-la jogado na lata do lixo, mas não acho mesmo que é apenas essa "facção" a responsável pela podrice na política brasileira. A contaminação é geral... Mas é preciso querer mudar.

    Eu quero.

    Boas considerações, Leonel.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ideologia política é hoje uma coisa ultrapassada!
      Pelo menos para os políticos, o que importa é estar no poder e manter-se nele.
      E isto só é possível quando a maioria das outras facções concordam, como aconteceu no Brasil!
      "Não importa quem esteja no poder, desde que seja meu aliado e reparta o saque comigo!"
      Foi esta forma de pensar que levou a esta situação!
      É lógico que não se trata de partidos, mas de pessoas que querem vantagens para si mesmos!
      Beijos, Milene!

      Excluir
  6. Ola ,excelente texto,agora é esperar para ver o que acontece......e já estar com os talheres na mão para talvez saborear uma bela Pizza.Não esquecendo também o célebre ditado:A Esperança è a Ùltima que Morre.Saudosos beijos da amiga de sempre.SU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o pizzaiolo ainda continua de plantão...
      Depois que a coisa sair das manchetes, ainda há risco de haver embromação!
      Abraços, Suze!

      Excluir
  7. Bem, amigo, como diziam os caçadores que salvaram Chapeuzinho Vermelho:"-Nem tudo está perdido quando resta uma esperança."E vamos esperar para ver...
    Bjssssss,
    Leninha

    http://leninha-sonhoseencantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da citação da história...
      Faz a gente se sentir meio ingênuo por esperar que as coisas sejam feitas direito desta vez!
      Bjs, Leninha!

      Excluir
  8. Vou ali (nem sei onde) buscar um cadim de verde pra renovar o estoque que acabou faz tempo. Mandou bem Leonel!
    Beijuuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser o verde da esperança...
      Coisa que tem me movido ultimamente!
      Beijo, Rê!

      Excluir
  9. Nem pizza e nem martelo ?
    É saudade mesmo !!!!!!!!
    Rssrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
    Sabes que fazes falta e que sinto saudades de ti ...
    Desejo um tempo calmo e ameno pra ti...
    Minhas saudades se denunciam nas cobranças...
    bjs de saudadesssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Breve voltarei a visitar os amigos...
      Bjs, Severa!

      Excluir
  10. Desacredito desta seriedade. Tudo ainda leva a sabores de pizzas escondidas. Os ratos são muitos e o ardil das suas façanhas respinga longe.
    Eu acredito que enquanto a cultura não bater duro, somos pedra que água não fura. Só acredito em mudança de fora para dentro, e aí, é onde me apego em ceticismo.

    Leonel aceite o meu prazer em estar aqui,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, não dá para ser muito otimista, mas, pelo menos as coisas não saíram como os ratos planejaram...
      O prazer é meu em recebe-lo, José Vitor!
      Breve retribuirei tua visita!
      Abraços!

      Excluir
  11. Oi Leonel! Pensar neste assunto o pensamento caminha longe e fica na dúvida do rolamento final.
    Independente dos meus descréditos gostaria que alguma coisa surtisse efeito. O mínimo que fosse!
    Fiz este pequeno recorte abaixo.

    Brigid Arwen01:47 - Público
    Lincoln de Macêdo originalmente compartilhou esta postagem:
    tenho certeza que a imensa maioria das pessoas que lerem essa matéria irão dizer: "isso é Brasil"
    mas devo afirmar que impunidade como essa também é característica do Tribunal de Haia que até agora só julgou 1 caso e sem condenação (se minha memória não se engana)
    há uma cultura da corrupção que se mantém por causa da passividade da população, pois mesmo com impactos diretos nos serviços públicos, grande parte da população finge não sentir que essa é a causa por não atingir diretamente o bolso de quem paga impostos e pela notícia sempre vir desvinculada de algumas obviedades como: se não fosse tanta corrupção os impostos seriam bem menores, o poder de compra e de investimento em educação privada por parte da população seria bem maior e teríamos um serviço público de qualidade.

    Condenados podem pegar até 3,7 mil anos sem serem presos »
    Gustavo Gantois Direto de Brasília - Julgamento do Mensalão -

    ResponderExcluir
  12. Existe crime de a maior periculosidade do que este? Onde homens públicos criam para si sistema de impunidade? Sistema que chegam a serem mais sagro que o altar de Deus. Pois os que ali chegam se tornam intocáveis, se vestem com Torga e áureas de anjos.
    Que lindo é sabê-los! Eles existem! Seus recados invadem as nossas moradias em formas de boletos, talões de impostos.
    As mais tiranias destes saques estão em tudo que compramos. É triste saber que avançamos tanto em tecnologia, mas não em imperadores honestos!
    Robin Hood(s) surgem em nome da defesa. São homens de uma esquerda utópica, são homens filhos dos nossos homens, filhos desta nação que tem e tiveram a mesma formação moral.
    O mundo viaja nesta sideral: nós aqui esperando um salvador que nos leve aos lugares nepotistas.

    ResponderExcluir