FRASE:

FRASE:

"Se deres um peixe a um homem, vais alimenta-lo por um dia; se o ensinares a pescar, vais alimenta-lo a vida toda."

(Lao-Tsé, filósofo chinês do séc. IV a.c.)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

A MARCHA DO TROMBONE

Os últimos dias mostraram um comportamento atípico do homo brasiliensis: este ser, usualmente tão acomodado e calmo, que só se agitava mesmo quando a questão era futebol, de repente saiu às ruas, supostamente para protestar contra um aumento das passagens de ônibus. 


Mas, será que tudo o que vimos nos noticiários da TV foi mesmo apenas por causa de vinte centavos?

Isto até me inspirou a escrever estas desajeitadas rimas:

Pessoas saem às ruas
Em marchas desesperadas...
Algumas com as mãos nuas
Outras com as mãos armadas...

O que buscam não sabemos
Talvez apenas babados.
Talvez coisas que não temos
Ou deixar de ser roubados.

Talvez uma vida decente
melhores escolas e hospitais
É melhor morrer como gente
Do que viver como animais!

Os figurões se assustaram
Fizeram declarações.
Mas não sensibilizaram
Mentes nem corações.

Pode ser fogo de palha
Só uma farra que rolou...
Ou então houve uma falha
E o gigante despertou...

Mas se isto aconteceu
Ponham as barbas de molho!
Pois se o povo se encheu
Agora é olho por olho!

12 comentários:

  1. Saudações comandante Leonel... tempos de mudança heim!
    Brigadão pela passagem lá no blog e pela felicitação de aniversário.
    Abraços, saúde e paz.

    ResponderExcluir
  2. OI Leonel, bom dia
    Gostei de ver! Não vi nenhuma rima desajeitada por aí... Sua boca no trombone revelou um novo poeta!

    Estou aqui alaudindo!
    abraços da Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma honra receber o seu aplauso!
      Abraços, Lu!

      Excluir
  3. Ola Leonel,Meus aplausos e cumprimentos por rimas inteligentes e coerentes diante de tal situação.Espero não ser fogo de palha......Meu maior abraço.SU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Suze!
      Você é sempre bem vinda!
      Abraço!

      Excluir
  4. OI LEONEL!
    POIS O POETA EM TI, TAMBÉM ESTAVA ADORMECIDO?
    GOSTEI MUITO DE TEUS VERSOS.
    ACHO QUE NÃO É FOGO DE PALHA, TOMARA QUE TENHAM ACORDADO PARA AS SACANAGENS DAS QUAIS ESTAMOS SENDO VÍTIMAS, TEMOS TANTAS COBRANÇAS A SEREM FEITAS QUE ESPERO QUE CONTINUEM, SE FORTALEÇAM E COPNSIGAM MOSTRAR QUE ESTAMOS VENDO TUDO.
    O AUMENTO DAS PASSAGENS FOI SÓ O ESTOPIM, AGORA VEM AI, DIA 26, A VOTAÇÃO DA "PEC37", SE PASSAR, ESTAREMOS NAS MÃOS DOS POLÍTICOS, POIS QUEM OS INVESTIGARÁ, SEM MEDO OU SEM SER CORROMPIDO,TEMOS UM ÓRGÃO IDÔNEO NESTE PAÍS QUE ESTÁ PRESTES A SER CALADO ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, tudo tem um preço, e já começaram a aparecer as primeiras vítimas...
      Como em todo o conflito...
      Eu não posso sair às ruas, mas acompanho os acontecimentos e torço pelos que pacificamente protestam.
      Abraços, Zilani!

      Excluir
  5. Hehehe... Adorei o poeta do protesto. Que se mantenha estendido o grito, até o momento sublime do voto.

    Beijo, Leonel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, queridinha!
      Espero que este pessoal se manifeste assim também nas eleições!
      Bj, Milene!

      Excluir
  6. Bom dia meu amigo querido !
    Matando saudades e analisando seu lado poético do qual deixou marcas ao escrever .
    "QUEM NÃO LUTA PELOS SEUS DIREITOS
    NÃO É DIGNOS DELE"(Rui Barbosa)
    Quero dizer que tbm estamos SIM "nas ruas".Dizer que SIM também somos irmãos no clamor por justiça. FORÇA E PAZ!
    bjssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu lado poético tem um pouco de você e de todos os poetas e poetisas desta blogsfera, em quem me inspirei...
      Bjs, Severa!

      Excluir